Migração para Linux na Rede Paranaense de Comunicação

A Rede Paranaense de Comunicação (RPC) está utilizando na redação da Gazeta do Povo o modelo do Departamento de Informática da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Através de uma parceria entre a UFPR e a RPC, foi implantado um sistema Linux que garante qualidade, independência tecnológica e economia para redes de computadores. De acordo com Martin Kretschek, coordenador de Tecnologia da Informação do grupo RPC, instalar o Linux custou cerca de dez vezes menos do que custaria a atualização dos sistemas Windows ou Macintosh.

O modelo implantado na Gazeta é utilizado pela UFPR desde 1999. Todos os computadores são ligados a um servidor, que armazena as informações e processa as aplicações dos usuários. O servidor é o único computador que precisa ter boa capacidade. Para os terminais dos usuários não é necessário comprar máquinas topo de linha, que são mais caras. É possível utilizar até mesmo um 486, computador de mais de dez anos, para servir de terminal.
Dessa forma, pode-se prolongar a vida útil de toda a rede de computadores, pois apenas o servidor terá que ser substituído periodicamente – em média a cada dois anos – e não todas as máquinas, como acontece em outros sistemas. Por ser um sistema desenvolvido em software livre, praticamente não há gastos com software: o Linux e os outros programas são desenvolvidos por centenas de pesquisadores de todo mundo e podem ser distribuídos e utilizados gratuitamente.
Com o novo modelo, todos os computadores ficam rápidos e os usuários se adaptam facilmente. Na implantação do Linux na Gazeta do Povo, mesmo sem treinar os funcionários, em 60 dias todos estavam adaptados. Martin explica que o sistema evita, por exemplo, que um funcionário fique sem conseguir trabalhar por problemas em um dos computadores, pois é possível acessar os arquivos a partir de qualquer computador.
O Linux funciona na Gazeta do Povo desde junho de 2004. O Centro de Computação Científica e Software Livre contribuiu repassando a tecnologia e prestando consultoria durante a migração. Alguns jornalistas da Gazeta ainda usam outros sistemas devido à necessidade de softwares específicos, mas mesmo nestes casos, haverá substituição progressiva por software livre.

A RPC é o maior grupo de comunicação do Paraná. Engloba a Gazeta do Povo, a TV Paranaense, afiliada da Rede Globo, o Jornal de Londrina, a Rádio 98 FM e o portal de Internet TudoParaná.