Notícias

Hyperledger Blockchain Forum acontece dia 25 na PUC-PR e é GRATUITO

O encontro Hyperledger Brasil 2022 tem como objetivo reunir a comunidade de desenvolvedores e usuários da tecnologia blockchain Hyperledger para troca de conhecimento, experiências e compartilhamento de casos de sucesso.

Alguns dos temas que serão discutidos no encontro:

–> O capítulo Hyperledger Brasil
–> A tecnologia Hyperledger
–> Casos nacionais de uso da tecnologia Hyperledger
–> Tecnologia de integração de redes (Hyperledger e Ethereum)
–> O momento do blockchain no Brasil e no mundo

Entre outros.

Presença confirmada de diversos membros da comunidade Hyperledger.

Arlei Costa Junior, PUC-PR
Carlos L L Rischioto, IBM
Courtnay Guimarães, Avanade
David Reis, CCONSENSUS
Fernando Marino, CPQD
Joselio Teider, UFPR
Marco Righetti, Oracle
Marcos Sarres, GoLedger
Pietro Martins de Oliveira, Esmafe-PR
Renato Duarte Rocha, RNP
Renato Teixeira, Oracle

O evento vai acontecer no Auditório Mario de Abreu, na PUC-PR Curitiba, dia 25 de novembro a partir das 14:00.

Imperdível para os entusiastas da tecnologias inovadora Blockchain.

As inscrições são gratuitas !!!

https://www.hyperledgerblockchainforum.com.br

Grupo de pesquisa da UFPR lança nova versão de plataforma educacional que oferece mais de 300 mil recursos para professores de forma gratuita

MecRED foi criado pelo C3SL, grupo de pesquisa do Departamento de Informática da UFPR

Imagina uma plataforma em que professores de todos os níveis podem encontrar vídeos, textos, mapas, experimentos, planos de aula e até mesmo livros didáticos disponíveis para download de graça. Pois essa é a plataforma Recursos Educacionais, conhecida como MecRED, criada pelo Centro de Computação Científica e Sotware Livre, o C3SL, da Universidade Federal do Paraná, em parceria com o Ministério da Educação. A plataforma, que ganhará uma nova versão no final de outubro, foi lançada em 2014, e agora oferecerá mais recursos, como a gamificação, por exemplo.

“O objetivo da plataforma é criar uma rede de apoio entre professores, para que eles possam ter um local em que não só eles possam acessar conteúdos que irão ajudar em sala de aula, mas também compartilhar conteúdos entre si, realizar avaliações, enfim, um modelo bem próximo a uma rede social, mas com o intuito principal de colaborar com o dia a dia em sala de aula”, conta Luis Carlos Bona, professor do C3SL e coordenador do projeto.

Na nova versão, o processo de gamificação possibilitará que os usuários sejam capazes de adquirir conquistas e, com o uso, atingir níveis diferenciados. “É uma forma de qualificar o usuário e, com isso, ir liberando mais e mais recursos. Ainda, para cada uso, o professor ganhará uma espécie de dinheiro virtual que será usado para a ‘compra’ de insígnias dentro da plataforma”, explica o também professor e coordenador Marcos Castilho.

Hoje, são mais de 27 mil usuários cadastrados na plataforma, que tem capacidade para muito mais, e entre os mais de 300 mil recursos disponibilizados estão vídeos, mapas, softwares educacionais, apresentações, infográficos, jogos, apps, imagens e outros recursos similares, e todos os conteúdos passam por um processo de curadoria a fim de filtrar conteúdos inadequados. Ainda, é possível realizar denúncias, caso o material seja impróprio. Para acessar, não há nenhuma restrição. Os professores e interessados que queiram fazer parte do repositório somente precisam realizar um cadastro simples, já estando habilitados a realizar downloads e subir materiais para a plataforma. Ainda, dentro da plataforma, é possível seguir e interagir com outros perfis, de forma a estabelecer realmente uma rede de apoio.

“A maioria do conteúdo disponibilizado faz parte do dia a dia de sala de aula de alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, mas existem recursos para aulas de cursos de graduação ou técnicos, como artigos, por exemplo. A nossa ideia é ampliar cada vez mais e transformar essa plataforma no maior repositório de conteúdos educacionais e que faça parte da rotina de professores”, explica Bona. O projeto é coordenado por dois professores do C3SL e um bolsista, aluno do curso de Ciência da Computação.

Para facilitar a usabilidade, dentro da plataforma é disponibilizada a possibilidade de criar coleções de materiais, organizando conteúdos por área, por exemplo. Além disso, é possível encontra materiais de formação desenvolvidos pelo Ministério da Educação com uma grande diversidade de temas. “Esperamos que essa nova versão atinja ainda mais professores e seja um grande espaço de troca de experiências. Mas, sobretudo, queremos que os alunos sejam impactados com novas possibilidades. A gente sabe como é difícil encontrar conteúdos de qualidade, e que realmente sejam aplicáveis em atividades de sala de aula, e foi pensando nisso que dedicamos tempo de estudo, pesquisa e desenvolvimento da plataforma”, finaliza Castilho.

Sobre o C3SL
O Centro de Computação Científica e Software Livre (C3SL) é um grupo de pesquisa do Departamento de Informática da UFPR, registrado no Diretório de grupos de pesquisa do CNPq. Realiza pesquisas que dialogam com diferentes áreas do conhecimento e que podem ser empregadas para aprimorar processos e serviços tanto para empresas  por meio da Lei de Informática e Lei do Bem, quanto para instituições e órgãos públicos. 

As pesquisas do C3SL estão em diversas áreas da ciência da computação, como Banco de Dados, Engenharia de Software, Redes e Sistemas Distribuídos, Redes de Computadores e Inteligência Artificial. O grupo também atua na migração de sistemas proprietários para plataformas de software livre e na otimização de pessoal e de custos de soluções de hardware e software.

São seis linhas de pesquisa ativas, todas elas com diversos projetos em andamento ou já concluídos, os quais se encontram em uso pelas empresas ou órgãos solicitantes: Ciências Forenses Computacionais; Inteligência Artificial Aplicada; Medicina Assistida por Computação Científica; Preservação Digital; Sistemas Computacionais Avançados; Sistemas para Informática na Educação.

Os projetos realizados pelo grupo de pesquisadores são direcionados para a inclusão digital, buscando sempre beneficiar a sociedade brasileira de maneira geral. Assim, todo pacote de software que resulta destes estudos é publicado em forma de software livre.

Bolsistas do C3SL ganham 1º lugar em Simpósio de Sistemas Computacionais de Alto Desempenho (WSCAD 2022)

Odair, Fernando e Pietro representaram o C3SL no evento

Entre os dias 19 e 21 de Outubro aconteceu o XXIII Simpósio em Sistemas Computacionais de Alto Desempenho (WSCAD 2022) em Florianópolis – SC, o principal evento da área de sistemas de computação de alto desempenho. 

O C3SL apoia estudos e desenvolvimento de técnicas de programação de alto desempenho e como incentivo foi enviado um time composto por membros de C3SL para competir na maratona de programação paralela. Entre os ganhadores estão os bolsistas Fernando Monteiro Kiotheka, Odair Mario Ditkun Junior e Pietro Polinari Cavassin.

A competição contou com 10 equipes, entre remoto e presencial e a equipe do C3SL otimizou os problemas seriais em mais de mil vezes o tempo sequencial, enquanto o segundo lugar ficou com pontuação de 700 vezes, ou seja, quase 400 pontos a mais que o segundo colocado.

Na foto nossa equipe de entusiastas de programação de alto desempenho, que inclusive é aberta para todos os alunos do departamento. Eles receberam a premiação em certificados, troféus e livros de programação de alto desempenho. O apoio do C3SL foi essencial para a conquista, visto que a vitória só foi possível pelos treinos realizados no super computador do grupo.

CONVITE

Grupo de pesquisa da UFPR convida: “Apresentação de propostas em defesa do Ensino Superior Público e Gratuito, da Ciência e da Tecnologia

Como uma forma de fomentar a discussão sobre a importância do ensino superior público, gratuito e de qualidade e a importância do desenvolvimento científico e tecnológico no Paraná, o C3SL – Centro de Computação Científica e Software Livre –, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), promoverá um espaço de debate e exposição de ideias com os quatro primeiros candidatos ao governo do Estado do Paraná de acordo com as pesquisas eleitorais registradas no TRE. A exposição das ideias e o debate com a comunidade acadêmica ocorrerá com um candidato por vez.

Cada candidato terá o tempo máximo de até duas horas para exposição de suas ideias e propostas e para responder as perguntas feitas pelo público presente. As perguntas serão de livre formulação dos participantes presentes no dia da exposição, cabendo ao C3SL apenas a coordenação da ordem das perguntas.

Os candidatos interessados em apresentar as suas ideias e programas a cerca do ensino superior, da ciência e tecnologia, poderão enviar e-mail para contato@c3sl.ufpr.br sugerindo data e horário que a equipe do grupo de pesquisa irá agendar o auditório do Departamento de Informática onde será realizado o encontro. O C3SL irá divulgar a agenda em suas redes sociais e nas suas listas de contatos cabendo aos candidatos a ampliação complementar da divulgação.

Esta iniciativa visa reforçar o papel que a universidade pública tem como promotora do conhecimento, do livre pensar e da pluralidade de pensamentos amparados na liberdade de cátedra, na livre manifestação de ideias e na autonomia universitária.

O Centro de Computação Científica e Software Livre (C3SL) é um grupo de pesquisa do Departamento de Informática da UFPR e realiza pesquisas que dialogam com diferentes áreas do conhecimento e que podem ser empregadas para aprimorar processos e serviços tanto para empresas quanto para instituições e órgãos públicos. Como entidade comprometida há 20 anos com o desenvolvimento científico e tecnológico do país, entendemos que o momento de debate político é fundamental para debater e conhecer propostas que girem em torno do fazer tecnológico e, desta forma, dialogar com o poder público para a elaboração, gestão e monitoramento de políticas públicas que favoreçam áreas como saúde, educação e geração de emprego.

Convocação para as entrevistas da chamada de seleção de novos bolsistas 11/2022

Aqui estão os entrevistados do C3SL.

Terça-Feira (22/11)

9:30h
1. Bernardo Pavloski Tomasi
2. Bruno Aquiles de Lima

10:00h
3. Bruno Fuchs Santos da Silva
4. Eduardo Costa Brito
5. Eduardo Mathias de Souza
6. Fábio Naconeczny da Silva

11:00h
7. Gabriel de Oliveira Pontarolo
8. Guilherme Costa Pateiro
9. Gustavo Silveira Frehse
10. Janaína Saldiva Kshesek

Quarta-feira (23/11)

9:30h
11. João Armênio Silveira
12. Leonardo Marin Mendes Martin

10:00h
13. Lucas Correia de Araújo
14. Lucas Gabriel Batista Lopes
15. Maria Carolina Sauer
16. Mateus dos Santos Herbele

11:00h
17. Natael Pontarolo Gomes
18. Nico Iancoski Guimaraes Ramos
19. Pedro Vinícius Sousa da Silva
20. Rafael Gonçalves dos Santos

Quinta-feira (24/11)

9:15h
21. Rodrigo Saviam Soffner
22. Seijiro Yanagiya Midzuno
23. Silvana Cristina David Ribaski

10:00h
24. Sofia Pessini Scherer
25. Thales Gabriel Carvalho de Lima
26. Tiago Serique Valadares
27. Vinícius Evair da Silva

11:00h
28. Vinícius Mioto
29. Yago Yudi Vilela Furuta
30. Yan Oliveira da Costa
31. Yasmin de Campos Fernandes

– –

Os horários são somente para fins indicativos, caso você chegue antes do seu horário há a possibilidade de entrevistar antes, por ordem de chegada.

Caso o candidato perca a entrevista, mande um e-mail informando e remarcaremos se possível, mas vale ressaltar que os horários devem ser respeitados sempre que possível.

As entrevistas são realizadas na sala de reunião do C3SL, em frente ao lab3 no primeiro andar do DInf (Departamento de Informática). Nós mesmos vamos chamando os candidatos conforme as entrevistas andarem.
Pedimos que mantenha o celular no modo silencioso durante a realização da sua entrevista.

Candidatos que não foram selecionados na primeira etapa poderão entrar para a lista de espera, portanto, deem o seu melhor!

Boa sorte a todos!

Chamada para Seleção de Novos Bolsistas 10/2022

O C3SL está com vagas abertas para alunos da UFPR.

São bolsas de pesquisa para alunos de graduação e pós dos cursos de Ciência da Computação e Informática Biomédica. É necessário que o aluno tenha disponibilidade para se dedicar 20 horas semanais, com atividades presenciais.

Os bolsistas atuarão nos projetos de pesquisa e desenvolvimento do C3SL, localizado no Departamento de Informática da UFPR. Os candidatos que participaram de seleções anteriores podem realizar o processo seletivo novamente para melhorar sua nota.

Informações sobre da Candidatura, Inscrição, Seleção e Resultados são encontradas na Chamada 10/2022 e Edital de Seleção.

Confira o nosso guia do candidato

A documentação pode ser entregue por e-mail (com toda a documentação em anexo) para selecao@c3sl.ufpr.br com o título “[C3SL] Inscrição para seleção de bolsa”.

O Edital sofreu alterações e uma declaração de não recebimento de bolsa é necessária (em anexo no Edital).

O prazo para envio do email é até 04 de Novembro!

As entrevistas serão realizadas presencialmente. Aguarde informações por e-mail.

Grupo de pesquisa da UFPR promove Ciclo de Debates em defesa do Ensino Superior Público e Gratuito, da Ciência e da Tecnologia

Candidatos ao governo do Estado participarão de debate com comunidade acadêmica no Departamento de Informática da universidade

O C3SL – Centro de Computação Científica e Software Livre –, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), promoverá o Ciclo de Debates em defesa do Ensino Superior Público e Gratuito, da Ciência e da Tecnologia em que convidará candidatos ao governo do Estado para debater propostas e ideias. O primeiro encontro será realizado no auditório do Departamento de Informática da universidade no dia 13 de setembro (terça-feira) às 14h, e terá como convidado o candidato Roberto Requião. A ideia é fomentar a discussão sobre a importância do ensino superior público, gratuito e de qualidade e a importância do desenvolvimento científico e tecnológico no Paraná.

Para exposição das propostas, cada candidato terá o tempo máximo de até duas horas e durante o evento o público presente poderá participar realizando questionamentos. A iniciativa visa reforçar o papel que a universidade pública tem como promotora do conhecimento, do livre pensar e da pluralidade de pensamentos amparados na liberdade de cátedra, na livre manifestação de ideias e na autonomia universitária.

O Centro de Computação Científica e Software Livre (C3SL) realiza pesquisas que dialogam com diferentes áreas do conhecimento e que podem ser empregadas para aprimorar processos e serviços tanto para empresas quanto para instituições e órgãos públicos. Como entidade comprometida há 20 anos com o desenvolvimento científico e tecnológico do país, entende que o momento de debate político é fundamental para debater e conhecer propostas que girem em torno do fazer tecnológico e, desta forma, dialogar com o poder público para a elaboração, gestão e monitoramento de políticas públicas que favoreçam áreas como saúde, educação e geração de emprego.

Serviço:

Ciclo de Debates com Roberto Requião

Data: 13 de setembro

Horário: 14h

Local: Auditório do DInf – R. Evaristo F. Ferreira da Costa, 383-391 – Jardim das Américas

Grupo de pesquisa C3SL do setor de informática da UFPR celebra 20 anos

Programação vai relembrar e celebrar os 20 anos do Centro de Computação Científica e Software Livre

Nesta terça-feira (03/05), às 19h30, um seminário conduzido pelo Prof. Dr. Marcos Castilho (UFPR) vai celebrar e relembrar os 20 anos de atuação do Centro de Computação Científica e Software Livre, o C3SL. O momento faz parte do Fórum dos Programas de Pós-Graduação em Computação do Paraná, e a ideia é apresentar um resgate histórico da atuação do grupo, mostrando ideias, projetos executados, projeções e ainda, destacando o modelo de pesquisa com foco social realizado pelo grupo.

O C3SL possui atualmente 14 docentes e 38 estudantes bolsistas de graduação e pós-graduação que participam de pesquisas nas mais variadas áreas, sempre visando aprimorar e facilitar processos e serviços para empresas, instituições e órgãos públicos. Entre os propósitos do grupo, está também o de beneficiar a sociedade por meio da publicação em formato de software livre todo pacote de software resultante das pesquisas realizadas. 

Marcos Castilho é professor titular da UFPR e suas principais áreas de atuação são Inteligência Artificial e Software Livre, notadamente em projetos de inclusão digital para atendimento de políticas públicas. É coautor do livro Algoritmos e Estrutura de Dados I, disponível de forma aberta e gratuita.

A transmissão será aberta através do link: https://youtu.be/RjYMz-KT9Q8 

Departamento de Informática da UFPR lança maior Sistema de Monitoramento de Políticas Públicas com recorte étnico-racial do país

Iniciativa do C3SL, Simope contém dados sobre as mais variadas áreas e foi financiada pelo Governo Federal

Uma parceria do Centro de Computação Científica e Software Livre da Universidade Federal do Paraná – UFPR –, o C3SL, com a Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, lançou neste ano o Simope – Sistema de Monitoramento de Políticas Étnicos-Raciais. A ferramenta reúne dados e indicadores de diversas plataformas como o CadÚnico, do Ministério da Cidadania, o Censo Escolar e o Censo da Educação Superior do Inep, da Funai, Incra e diversas outras bases de dados.

O projeto, que estava sendo desenvolvido pelo C3SL desde 2016 possui aproximadamente 300 gB. Em outras palavras, é possível dizer que o Simope reúne dados de todos os alunos, professores e instituições do ensino superior desde 2010. “Essa já era uma demanda do Governo Federal, que buscava um sistema de monitoramento de políticas públicas que funcionasse de forma evolutiva. Por meio de um convênio proposto pela UFPR foi possível chegar em um resultado de interesse mútuo, em que a Universidade também atingiu um ganho no que diz respeito às pesquisas acadêmicas em desenvolvimento de softwares e banco de dados”, explica Marcos Didonet, professor da UFPR e pesquisador que coordenou a pesquisa.

Além do pesquisador, diversos outros pesquisadores do Centro de Computação estiveram envolvidos, e o objetivo principal do projeto é fornecer dados que auxiliem no monitoramento de políticas públicas, dando visibilidade à população negra e comunidades tradicionais. “Nem sempre as plataformas disponíveis oferecem simplicidade na consulta, sobretudo quando se trata de uma grande quantidade de dados”, explica Didonet.

O sistema, que possui um Guia de Orientação de Uso, oferece em formas de tabelas e gráficos a evolução, por exemplo, do sistema de cotas para a população negra nas instituições de ensino superior. Além disso, é possível acompanhar a presença territorial de comunidades quilombolas, povos indígenas, povos ciganos, e informações com recorte étnico-racial relacionadas ao universo do trabalho, da educação e de políticas como o Fies e o Prouni. 

Atualização constante 

Para que possa ser uma ferramenta contínua de avaliação, os pesquisadores desenvolveram ainda uma plataforma que permite atualização constante, integrada às bases de dados utilizadas. “A maioria dos sistemas existentes nesse formato não oferecem dados sobre a evolução, no formato em que o Simope foi pensado. São sistemas fechados ou que não permitem evolução ou ainda auditoria”, conta Didonet.

Ainda, na plataforma, é possível observar a participação dos estados e municípios no Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir), e informações a respeito de projetos como editais públicos, emendas parlamentares, entre outros. “O C3SL possui longos anos de experiência em pesquisa e desenvolvimento em ciência da computação. Por isso, é possível realizar pesquisas de ponta, além da formação de alunos desde a graduação até o doutorado, enriquecendo assim a pesquisa científica e oferecendo ao poder público e, principalmente, à população, produtos e serviços que contribuem para o desenvolvimento da sociedade”, finalizou Didonet. 

Sobre o C3SL
O Centro de Computação Científica e Software Livre (C3SL) é um grupo de pesquisa do Departamento de Informática da UFPR, registrado no Diretório de grupos de pesquisa do CNPq. Realiza pesquisas que dialogam com diferentes áreas do conhecimento e que podem ser empregadas para aprimorar processos e serviços tanto para empresas quanto para instituições e órgãos públicos. 

As pesquisas do C3SL estão em diversas áreas da ciência da computação, como Banco de Dados, Engenharia de Software, Redes e Sistemas Distribuídos, Redes de Computadores e Inteligência Artificial. O grupo também atua na migração de sistemas proprietários para plataformas de software livre e na otimização de pessoal e de custos de soluções de hardware e software.

São seis linhas de pesquisa ativas, todas elas com diversos projetos em andamento ou já concluídos, os quais se encontram em uso pelas empresas ou órgãos solicitantes: Ciências Forenses Computacionais; Inteligência Artificial Aplicada; Medicina Assistida por Computação Científica; Preservação Digital; Sistemas Computacionais Avançados; Sistemas para Informática na Educação.

Os projetos realizados pelo grupo de pesquisadores são direcionados para a inclusão digital, buscando sempre beneficiar a sociedade brasileira de maneira geral. Assim, todo pacote de software que resulta destes estudos é publicado em forma de software livre.